Quando a campanha de segurança digital parece golpe por SMS
Início » NOTÍCIAS » Quando a campanha de segurança digital parece golpe por SMS

Quando a campanha de segurança digital parece golpe por SMS

O que é o Fique Esperto?

Da série estratégias que não dão muito certo: recebi o seguinte SMS esta semana, pela segunda vez no ano, que diz:

“#FiqueEsperto, tenha atenção redobrada com mensagens que contenham links de remetentes desconhecidos ou duvidosos. Saiba mais no site fe.seg.br

O que tem de errado?

  1. eu não conheço o remetente (um número de disparo qualquer 40133)
  2. eu não clico em links desconhecidos (e você também não deve clicar)
  3. por que diabos uma mensagem que me manda ter atenção com links de remetentes desconhecidos… me manda um link que eu não conheço.
  4. eu não autorizei (alô LGPD!) o recebimento de mensagens de texto para essa iniciativa no meu telefone pessoal.

Foi falta de comunicação mesmo

Mas em nome da curiosidade, abri meu navegador de lixo no computador (eu uso o Firefox desconectado de todas minhas contas) e acessei o site. E ele é… real, para minha surpresa. O “FE” do endereço é de “fique esperto” (ahhh!) e o projeto é da iniciativa privada com o governo:

“A campanha #FiqueEsperto é uma iniciativa que une governo e entidades privadas com o objetivo de informar às pessoas sobre como evitar golpes usuais do nosso novo mundo digital. Durante o período da campanha, serão apresentadas, mensalmente, novas dicas relacionadas aos problemas mais comuns e às medidas de prevenção que podem ser tomadas para evitá-los. Acompanhe as dicas por meio da hashtag #FiqueEsperto e por meio das mensagens de texto e e-mails que serão enviados mensalmente aos usuários de serviços de telecomunicações”

E olha a lista de apoiadores do projeto. Só gente grande: Anatel, Abranet, Febraban, Nic.br, Camara e-Net e o CGI, comitê gestor da internet no Brasil, entre outros.

Dois grandes problemas nessa campanha:

  1. Não comunicaram direito sobre a campanha Fique Esperto (não achei notícias do anúncio além de um comunicado do Ministério das Comunicações em outubro do ano passado) e um ou outro veículo que copiou o release.

    Diz o texto do governo:

    As dicas também podem ser acompanhadas pela hashtag #FiqueEsperto e por meio das mensagens de texto e e-mails que serão enviados mensalmente aos usuários de serviços de telecomunicações.” Quer dizer, minha operadora simplesmente disparou a mensagem e tudo bem? (alô Vivo)
  2. Sem uma comunicação clara, um SMS recebido parece que é uma mensagem fraudulenta. Ninguém clica, a campanha não tem eficiência nenhuma, causa medo e desconfiança na população. Parabéns a todos os envolvidos, a mensagem deu certo.

Moral da história: o endereço fe.seg.br é seguro e não tem golpe (e tem um monte de informação importante sobre segurança digital). Mas foi comunicado de um jeito tão qualquer coisa que se bobear nem pensaram que no próximo dia 09 de fevereiro é o Dia da Internet Segura.

Para assinar INTERFACES clique aqui e receba o melhor da tecnologia por e-mail toda sexta-feira de manhã, com a nossa curadoria.

Escrito por
Henrique Martin