Números enormes: 3 milhões de novos iPads vendidos em um final de semana

Números enormes: 3 milhões de novos iPads vendidos em um final de semana

RESUMO

Três milhões de novos iPads foram vendidos no primeiro final de semana. Três milhões de tablets, ou um milhão a menos que o iPhone 4S após sua estreia nos EUA, em outubro do ano passado.

Três milhões de novos iPads foram vendidos no primeiro final de semana. Três milhões de tablets, ou um milhão a menos que o iPhone 4S após sua estreia nos EUA, em outubro do ano passado.

O número enorme foi divulgado agora pela Apple e se refere às vendas desde a última sexta-feira (16), quando o tablet começou a ser vendido nos Estados Unidos, Austrália, Canadá, França, Alemanha, Hong Kong, Japão, Porto Rico, Singapura, Suíça, Reino Unido e Ilhas Virgens. No comunicado oficial, Phil Schiller, vice-presidente mundial de marketing da companhia, diz que “o novo iPad é um blockbuster com três milhões de unidades vendidas – o lançamento de iPad mais forte até agora. Os consumidores amam os incríveis novos recursos do iPad“.

Nas especificações técnicas, o grande destaque do iPad é a sua tela de 9,7 polegadas com tecnologia Retina Display e resolução monstro de 2048 x 1536.Pra que tudo isso? filmes e jogos em alta definição, editar fotos e vídeos (agora tem iPhoto para iPad, por sinal) e dar uma impressão visual muito mais precisa e nítida para quem vê – como se fosse ainda mais real.

O iPad usa um novo chip A5X dual-core, com GPU quad-core e vem com câmera de 5 megapixels capaz de gravar vídeo Full HD (1080p) com estabilização de imagem. A bateria mantém o padrão dos iPads anteriores, com média de 10 horas de uso, e o preço sugerido é o mesmo do lançamento das versões antigas: o modelo só com Wi-Fi sai por US$ 499 (16 GB) / US$ 599 (32 GB) / US$ 699 (64 GB) e a versão 3G/4G sai por US$ 629 (16 GB) / US$ 729 (32 GB) / US$ 829 (64 GB). Vale lembrar que a versão 4G não vai funcionar com as frequências a serem adotadas pelas operadoras no Brasil.

O iPad 2 continua a existir apenas em versão de 16 GB, mais barata – nos EUA, US$ 399 (Wi-Fi) e US$ 529 (Wi-Fi + 3G), no Brasil, a partir de R$ 1.399 (16 GB, Wi-Fi).

Não há previsão da Apple Brasil para lançamento do novo iPad por aqui ainda. O tablet chega às lojas de mais 24 países na próxima sexta (23).

 

Escrito por
Henrique Martin
5 comentários
  • Estou muito afim de comprar um IPAD 3 porem estou com pé atras por causa dos problemas de superaquecimento relatados por alguns usuários.
    Outro motivo é o inconsistência em algumas matérias/relatos sobre a vantagem gráfica em relação ao tegra 3.
    Quanto será que vai sair a versão básica 16gb+wifi aqui no brasil? A resolução altíssima da tela vai acabar demandando mais espeço em jogos etc etc?

    • o que dá pra responder agora é que, sim, a resolução da tela demanda mais espaço pros apps no novo iPad. O resto (começando pela data de lançamentoBR) é preciso esperar confirmação.

    • Não é só do superaquecimento que os usuários estão reclamando. Muitas pessoas estão tendo aquele problema de "screen bleeding" e a Smart Cover não se encaixa perfeitamente na tela, fazendo com que ele saia do modo de hibernação constantemente (e consequentemente torrando a bateria).

      Sinceramente, se não fosse o problema dos apps ficarem MUITO maiores (já vi apps que de 70MB pularam pra 400MB), vale mais a pena um iPad 2.

  • Com resoluçao tão alta, como ficam as páginas de sites na tela? Preenchem a tela toda ou ficam aquela tira no meio, com espaços sem preencher nas laterais?