Moto G 5G, G9 Power: linha dividida mesmo
Moto G 5G

Moto G 5G, G9 Power: linha dividida mesmo

RESUMO

Moto G 5G e Moto G9 Power são os dois lançamentos da Motorola em dezembro, mostrando que o ritmo de anúncios não para. Tem um Moto E7 Plus também.

Depois do Moto G9 e do Moto G 5G Plus, a Motorola anuncia hoje o lançamento do Moto G 5G e do Moto G9 Power, consolidando a divisão da linha Moto G em duas em 2020: uma “Moto G 5G” (com dois modelos à venda no Brasil “prontos” para o não-5G local) e a “Moto G8/G9” (que segue como o carro-chefe da casa com seus inúmeros modelos).

Além disso, a Motorola também lançou mais um modelo básico, o Moto E7. Todos os modelos já vêm de fábrica com Android 10.

Moto G 5G

Moto G 5G
Moto G 5G

Entendo que a Motorola segue no plano de lançar smartphones com o 5G DSS (aquele feito no “jeitinho” das operadoras, com um serviço adicional nas redes 4G para o marketing poder chamar de 5G), mas com o Moto G 5G Plus sendo vendido por R$ 2.999 e o novo Moto G 5G por R$ 2.799, fiquei confuso.

Sei que fabricantes pensam em faixas de preço e comparação do consumidor com sua capacidade financeira, mas é muito perto um do outro – a tela do Plus é melhor, o aparelho tem mais câmeras, mas o modelo novo tem um foco mais para o público gamer com “experiência mais imersiva”, por conta do chipset Qualcomm. Mas sempre bom lembrar que a diferença de preço é pequena (e no varejo daqui a alguns meses, deve ser menor ainda).

Por dentro, o Moto G 5G traz um processador Qualcomm Snapdragon 750G 5G (para garantir que são mais Gs no hardware do aparelho), 6GB de RAM, 128 GB de armazenamento interno (expansível com cartões microSD), tela de 6,7″ FHD+ (1080×2400, proporção 20:9), bateria de 5.000 mAH (com carga rápida e carregador de 20W na caixa).

Na traseira do aparelho, três câmeras: principal de 48 megapixels (com gravação de vídeos em 4K), grande angular de 8 megapixels e macro de 2 megapixels. A câmera frontal é de 16 megapixels.

Em notas não relacionadas, considero uma ironia do destino ver a Motorola, segunda colocada no mercado brasileiro em venda de smartphones, lançar três aparelhos no mesmo dia que a Asus anuncia a chegada do Zenfone 7 (em um evento no YouTube programado para hoje à noite, e o marketing da Asus costuma destratar os concorrentes).

Moto G9 Power

Moto G9 Power

Com tela grande (6,8″ HD+), chipset Snapdragon 662, 4GB de RAM, 128 GB de armazenamento interno, três câmeras (64 megapixels principal + 2 megapixels na lente macro + 2 megapixels no sensor de profundidade), o grande destaque mesmo do Moto G9 Power é a bateria enorme de 6.000 maH. Seu preço sugerido é de R$ 1.899.

Moto E7

Moto E7

É o irmão caçula da família, modelo de entrada dos Motorola. A configuração básica tem câmera de 48 megapixels, uma macro de 2 megapixels, frontal de 5 megapixels e chipset MediaTek G25, com bateria de 4.000 mAH. São duas versões – 2GB RAM/32 GB internos por R$ 1.199, 4GB/64GB por R$ 1.299.

Escrito por
Henrique Martin