Samsung: MicroLED é carro-chefe em TVs

Samsung: MicroLED é carro-chefe em TVs

RESUMO

[CES 2021] – A Samsung anunciou hoje (virtualmente) sua nova linha de televisores para 2021 – e vai usar tecnologia MicroLED nos seus principais modelos 8K e 4K.

MicroLED: o que importa

  • Desde 2018, em uma apresentação na CES, a Samsung fala da tecnologia MicroLED, com a promessa de TVs modulares com imagem e som impecáveis. É o próximo passo na evolução das telas de TV para a marca e agora os modelos chegam às lojas neste ano.
  • MicroLED é a tecnologia usada na tela, que é feita com diodos emissores de luz (LEDs) em escala micrométrica(µm) que servem como sua própria fonte de iluminação – trabalhando de forma muito parecida a um OLED.
  • Os benefícios do MicroLED: maior durabilidade, eficiência luminosa e, na prática, tornando filtros de cor desnecessários, assim como um backlight na tela, gerando imagens com contraste enorme e demonstrando a cor preta de forma realmente muito escura (o eterno desejo de perfeição dos fabricantes de tela).
  • Bônus para a tecnologia simples e que não tinha sido usada antes: Os novos controles remotos da Samsung dispensam o uso de pilhas e são feitos com material reciclado. Diz a fabricante que vai evitar o uso de 99 milhões de pilhas nos próximos sete anos. A recarga do controle pode ser feita com luz interna, luz externa ou USB. A Samsung não divulgou ainda os modelos que virão com o novo controle.
  • Linha para o Brasil ainda está sendo definida e será lançada no “segundo trimestre de 2021”, de acordo com a subsidiária local.

Duas linhas separadas

  • A Samsung anunciou duas linhas de produtos com tecnologia de tela MicroLED: a super premium NEO QLED e a MICROLED.
  • As TVs NEO QLED são o topo de linha da Samsung, com modelos 8K (QN900A) e 4K (QN90A), que usam telas mais avançadas chamadas Quantum Mini LED, que trabalham com um novo processador de imagem (Neo Quantum). Linha QLED segue existindo.
  • O design Infinity One é o que mais chama atenção, com uma tela quase sem bordas/moldura e muito fina – já que os cabos e conexões estão em uma caixa (Slim One Connect) que pode ficar atrás da TV ou em cima de uma mesa.
  • A linha MICROLED é o que a Samsung chama de “tela ultragrande da próxima geração” . Os modelos iniciais terão 110″ e 99″, com telas menores (até 70″, pelo que deu para entender da apresentação) até o final do ano. Também tem bordas reduzidas (99% de tela).
  • A Samsung não deu previsão de chegada das novas TVs ao mercado brasileiro ainda.

Outros detalhes importantes

  • Além do controle remoto solar, a Samsung anunciou a redução do uso de papelão nas embalagens – que pode contribuir com o reuso de até 200 mil toneladas de caixas de papelão ondulado por ano, segundo a empresa. As caixas usam menos insumos (incluindo tinta) – e seguem reutilizáveis (podem virar de prateleira a caixa de ferramentas ou casa para gatos).
  • Recursos de acessibilidade melhorados: novos modos de otimização de uso das TVs para pessoas com dificuldades auditivas, surdos, pessoas com baixa visão e cegos – a Samsung chama isso de Guia de Voz, Alto Contraste, Função Ampliar (para elementos menores na tela) e um específico para daltonismo (See Colors). (a conferir, mas acessibilidade é uma das tendências para o ano que indicamos nas nossas perspectivas para 2021).
  • As telas NEO QLED vêm com uma nova versão do Samsung Health, agora transformada em serviço virtual: diz a marca que “o recurso transforma a casa em uma academia pessoal e o novo recurso Smart Trainer rastreia e analisa a postura em tempo real, como um personal trainer. Durante e após o treino, o Smart Trainer fornece feedback sobre a forma, ajuda você a contar suas repetições e estima as calorias queimadas”. Também a conferir como vai funcionar (e se vai funcionar por aqui).

[Samsung]

Escrito por
Henrique Martin
2 comentários