Mi Mix Fold: Xiaomi entra no jogo dos dobráveis
Início » NOVOS PRODUTOS » Mi Mix Fold: Xiaomi entra no jogo dos dobráveis

Mi Mix Fold: Xiaomi entra no jogo dos dobráveis

RESUMO

Mi Mix Fold: Xiaomi lança em abril seu primeiro smartphone dobrável no mercado chinês.

Mi Mix Fold: o que importa

  • A Xiaomi – seguindo os passos da Samsung, da Motorola e da Huawei – anunciou hoje seu primeiro smartphone dobrável, o Mi Mix Fold.
  • Seu design segue o adotado no Galaxy ZFold 2: uma tela externa de 6,52″ em um aparelho que se abre (como uma carteira) para mostrar a tela interna de 8,01″ OLED WQHD+ (a maior em um dobrável por… 0,1″, já que o Mate X2 da Huawei tem tela de… 8″).
  • Diz a Xiaomi que os testes com a dobradiça da tela aguentou 200 mil vezes no teste de confiabilidade e 1 milhão de vezes em um teste “extremo”.
  • O Mi Mix Fold tem quatro alto-falantes fornecidos pela Harman-Kardon.
  • A câmera tripla traz o primeiro sensor produzido pela própria Xiaomi (Surge C1 Image Signal Processor) com uma lente líquida (!).
  • A “lente líquida” é uma tecnologia que se inspira na estrutura do olho humano, com um fluido transparente no meio – e uma lente acaba valendo por duas, seja para 3x de zoom óptico ou macro a menos de 3 cm de distância (+ 30x de zoom híbrido). Vamos ouvir bastante sobre lentes líquidas em um futuro próximo de outros fabricantes.
  • A câmera principal tem 108 megapixels de resolução, a “lente líquida” (zoom+macro) traz 8 megapixels e uma grande angular com 13 megapixels completa o pacote do Mi Mix Fold. A câmera frontal é de 20 megapixels.
  • Por dentro, processador Qualcomm Snapdragon 888, bateria com capacidade de 5.020 mAH e capacidade de carga rápida com fio de 67W (= uma carga completa em 37 minutos), variantes de RAM de 12 a 16 GB e armazenamento interno de 256 GB ou 512 GB. Segundo a ficha técnica divulgada pela fabricante, o smartphone roda Android 10.
  • Cores: apenas preto, com uma edição especial de cerâmica (com detalhes dourados).
  • Na China, o produto começa a ser vendido em abril com preços que vão de 9.999 RMB (equivalente a US$ 1.500) na configuração de entrada (12GB+256GB), 10.999 RMB (US$ 1.670) na de 12GB+512GB e 12.999 RMB (US$ 1.980) na de 16GB+512GB.
  • Sem previsão de lançamento no mercado ocidental – mas vale notar que o valor estimado de US$ 1.500 para o modelo de “entrada” é equivalente ao preço de um Galaxy Z Fold2 no exterior. E é um grande passo da Xiaomi para brigar no mercado topo de linha para valer.
[Xiaomi]

Para assinar INTERFACES clique aqui e receba o melhor da tecnologia por e-mail toda sexta-feira de manhã, com a nossa curadoria.

Escrito por
Henrique Martin
1 comentário