Google Wifi | Waze zen | Museu da selfie
Início » NEWSLETTER » Google Wifi | Waze zen | Museu da selfie

Google Wifi | Waze zen | Museu da selfie

RESUMO

Edição enviada em 15 de outubro de 2021 aos assinantes da INTERFACES NEWSLETTER. Assine e receba toda sexta de manhã.

Olá, bom dia Semana com feriado prolongado, Interfaces mais curta. Não tem problema, já que a partir de segunda teremos lançamento atrás de lançamento – Apple, Google, Samsung fazem anúncios de novos produtos, e vai ser divertido acompanhar. De resto, o Nubank lucrou, o Facebook segue fazendo lambança – mas fez coisa certa também – e a NVIDIA colocou o serviço de streaming GeForce Now na rua. Boa leitura e até semana que vem – Henrique

ELETRÔNICOS DE CONSUMO

A SEMANA MAIS QUENTE DO ANO

Nada como a proximidade das vendas de Black Friday e Natal para dar aquele gás nos lançamentos. E semana que vem teremos uma conjunção rara: segunda (18) com evento especial da Apple, onde esperamos novos MacBooks Pro e, quem sabe, Airpods novos. Terça tem o anúncio oficial dos smartphones da linha Pixel 6, do Google (e que vazaram demais antes). E quarta, surpresa, um Unpacked totalmente inesperado da Samsung – que talvez tenha o Galaxy S21 FE (ou não).

AINDA A APPLE

A subsidiária brasileira começa também a vender hoje (15) a linha iPhone 13 no país, com aqueles preços que a gente já sabe. Já o Apple Watch, que não tinha data nem preço, apareceu também no varejo americano (com venda prevista “para este ano” e um preço bem salgado por aqui) e os primeiros reviews gringos já saíram.

Em resumo, é um relógio esperto com tela maior e carga rápida e a conclusão óbvia é que se você tem um Série 5 ou 6 nem precisa pensar em trocar de smartwatch agora.

ALIADO

A Microsoft disse que vai estudar o impacto de tornar seus equipamentos mais fáceis de consertar – algo raro no mercado de tecnologia em 2021 (né Apple?).

MESH COMIGO

Sem alarde, o Google lançou produto novo no país: é o roteador mesh Google Wifi, que chega com um preço salgado para a categoria. Mas é hardware novo do Google, mais um sinal de interesse em lançar produtinhos por aqui (aquele eterno desejo de ver o Pixel 6…)

E a Amazon Brasil está contratando (olha só que coincidência) pessoas para trabalhar no time de roteadores Eero por aqui.

A chegada dos roteadores pode ser o prenúncio de melhores tempos para hardware Google no Brasil? (Google/Divulgação)

CONCEITUAL

A Acer fez seu anúncio global de lançamentos e, apesar de muita coisa acabar não sendo lançada por aqui, sempre tem aquele produto que a gente fica babando – desta vez é o notebook ConceptD 7 Spatial Labs Edition, cheio de recursos para profissionais de arte, foto e design e capaz de mostrar imagens 3D na tela (!)

Saudades das TVs 3D e toda a sua utilidade? Seus problemas acabaram (Acer/Divulgação)

SOM E VISÃO

Pronto, finalmente alguém lança óculos inteligentes que não ajudam a espionar a vida alheia: os Anker Soundcore Frames servem para… tocar música. A bateria dura cerca de 5,5 horas e o som sai por alto-falantes miniaturizados nas hastes dos óculos, que começam a ser vendidos no exterior em novembro por US$ 200.

As mini caixinhas de som nas hastes não incomodam os vizinhos (Soundcore/Divulgação)

QUE HONRA

O México foi o primeiro país da América Latina a receber a linha de smartphones Honor 50, a mais recente da marca que era da Huawei (e, por ser independente, tem acesso aos apps do Google).

TEM ALGO AÍ

A Nothing, de Carl Pei (ex-OnePlus) e por enquanto fabricante apenas dos fones sem fio transparentes, anunciou uma parceria com a Qualcomm – que pode significar um monte de coisas (de smartphones a fones de ouvido melhores).

A VOLTA DOS QUE NÃO FORAM

A Magic Leap, fabricante milagrosa de dispositivos de realidade aumentada, ainda existe e anunciou que a empresa levantou US$ 500 milhões de investidores e vai lançar um óculos Magic Leap 2, “menor, mais leve e para uso o dia todo”.

O 5G VEM AÍ

E o incrível Lucas Braga, do Tecnoblog, explicou muito bem o que falta para o leilão do 5G no Brasil.

Ah sim, em notícias relacionadas, o governo anda dizendo que Elon Musk (grande Elinho, saudades) quer investir no 5G local. Senta lá, Cláudia.

EDITORIA CRIANÇAS GRANDES

ACHADOS AMAZON DA SEMANA

CULTURA DIGITAL

TED LASSO (AINDA)

A nossa série favorita do segundo semestre já acabou, e deixa algumas lições de moral para pensar – não basta ser simpática e fazer pensar na bondade do técnico Lasso. Mas ainda não superamos a traição (mais que previsível, porém) do último episódio.

NÚMEROS ENORMES

Round 6 se tornou a série mais vista da história da Netflix – 111 milhões de casas deram play na distopia coreana (equivalente a 1 dia de audiência da TV Globo). É muito interessante ver que a estratégia da Netflix de criar produtos globais vem dando certo. O engraçado é o modelo de medição – para ser contado como parte da audiência você tem que ter visto dois minutos de algum episódio.

ESTÚDIO

O Twitter lançou um programa de aceleração para criadores de conteúdo no Spaces. Nem se empolgue porque tudo no Twitter costuma ignorar que existem mercados fora dos EUA, então… bom pra eles.

Já o Clubhouse criou uma opção de áudio com maior qualidade para músicos tocarem na plataforma.

ZEN SABER O CAMINHO

Waze e o app de meditação Headspace uniram forças para te dar “alegria” enquanto dirige. Esperamos que não incentive os motoristas a tirar uma soneca no volante.

SE SOUBER, NÃO VAZE

O dossiê do WSJ sobre o Facebook segue rendendo, agora com a rede aumentando a vigilância interna contra vazamentos, ex-funcionários reagindo ao depoimento de Frances Haugen e com Sophie Zhang, que já tinha vazado documentos internos da rede um tempo atrás, se dispondo também a dar a cara no congresso americano. As críticas ao Facebook ganharam exposição global esta semana também com a vencedora do Nobel da Paz, a jornalista filipina Maria Ressa, falando que a rede espalha mentira e desinformação.

BRECHA

Sabe a GDPR, lei de proteção de dados europeia? Então, o Facebook (quem mais?) descobriu um jeito de burlar o rastreamento de usuários usando uma lei nova promulgada na Irlanda.

O QUE O FACEBOOK FEZ CERTO ESTA SEMANA

Disse que vai combater a venda ilegal de áreas protegidas da Amazônia dentro do site, após denúncia da BBC em fevereiro. E que vai encorajar adolescentes a “dar um tempo” do Instagram, em nome da saúde mental dos jovens.

PARA LER COM UM PÉ ATRÁS

O Intercept divulgou uma lista (vazada) do Facebook com organizações e indivíduos perigosos – e o executivo responsável pela área esclarece a situação no seu… Twitter – a lista é real, mas tudo indica ser um caso em que a informação vazada não parece mostrar o cenário completo.

QUASE REAL

A FourFront, startup de entretenimento, tem vários influenciadores no TikTok no seu elenco, todos personagens encenados por atores (!)

MODERAÇÃO

O mundo de apps agregadores de notícia segue existindo (para o bem ou para o mal), com o Flipboard apostando ainda mais em curadoria de conteúdo e o novo Smartnews que quer “consertar” os algoritmos de notícias.

Como diria o Pica-Pau, se o RSS e o Google Reader não tivessem sido deixados de lado, nada disso estaria acontecendo.

SORRIA

Você está no Museu da Selfie (é sério e fica em São Paulo).

NA NATUREZA SELVAGEM

O urso 480 Otis foi premiado vencedor da Fat Bear Week, uma disputa online de qual o urso mais gordo da temporada de inverno no hemisfério norte, em um parque do Alasca.

EDITORIA POLÍTICOS CONFUSOS COM A TECNOLOGIA

O governador do Missouri passou uma pequena vergonha tecnológica ao dizer que iria processar um jornalista que checou o código-fonte de um site do governo e descobriu uma falha expondo números do seguro social de mais de 100 mil professores. Desde quando pedir para seu navegador checar o código-fonte em HTML de uma página é… coisa de hacker?

GAMES

AGORA

O NVIDIA Now, serviço de streaming de jogos, chegou oficialmente ao Brasil, com um preço atrativo, além de jogos grátis e a já conhecida dependência preocupante da infraestrutura nacional – velocidade, latência e estabilidade da conexão são um desafio a ser considerado. É o futuro, com certeza, mas cabe saber se a gente vai ter que esperar mais para aproveitar.

OUTRO JOGADOR

Se para você o nome Zenon lembra um boleiro bigodudo aposentado do Corinthians, aprenda a googlar e descubra que Zenon é um jogador de 10 anos que criou um time de e-sport e se tornou um fenômeno.

FAR CRY BAHIA

Depois do Egito, da Selva, no Japão, agora temos o É o Tchan nos games, em uma ação engraçadinha para divulgar Far Cry 6.

NOVÍSSIMO BASQUETE BRASILEIRO

A parceria entre Gaulês, Budweiser e NBA foi ampliada e agora o brasileiro vai transmitir 72 partidas da temporada regular, além do All-Star Weekend e as playoffs, em mais uma jogada milionária.

LEITURAS LONGAS

TÁ CARO

Tudo está com preço mais alto – e não só no Brasil. A E AND explica os motivos.

O APRENDIZ DE ALGORITMO

Numa versão hipotética do reality show corporativo de Donald Trump, um apresentador não é mais necessário para demitir as pessoas – e sim o computador que escolhe quem vai para casa. Pera, isso é no mundo real.

FUTURO

Na Protocol, dois textos bons: sobre o IPFS, o protocolo da “próxima internet”, e um sobre o poder da frase Link in Bio comum nas redes sociais.

JUSTICEIRO

Na Input Mag, a história de @thatdaneshguy, um tiktoker que expõe gente ruim na internet – de antivacina a quem o ameaça de morte.

SEM DANCINHAS

A proibilção do TikTok na Índia fez o Instagram voltar a crescer, na Rest of World.

AINDA ROUND 6

No El Orden Mundial, uma análise de Round 6 e as desigualdades na sociedade coreana.

NO TWITTER…

… um bom fio sobre um cemitério de aviões.

TECHBIZ

ECOAMIGO

O Google Cloud quer ajudar outras empresas a se tornarem sustentáveis usando a nuvem.

GUERRA FRIA 4.0

O ex-chefe de software do Pentágono diz que os EUA já perderam para a China a batalha sobre Inteligência artificial.

SAIU DO VERMELHO

O Nubank, nas portas de uma oferta pública de ações, deu lucro pela primeira vez.

INTERFACES circula por e-mail toda sexta-feira de manhã. 

Para assinar, clique aqui.

Este post contém links de associados para a Amazon Brasil. 
Caso você compre algo, Interfaces pode receber uma comissão.