IBM PC, 40 💾 | Z Fold3 | Migração de Zap
Início » NEWSLETTER » IBM PC, 40 💾 | Z Fold3 | Migração de Zap

IBM PC, 40 💾 | Z Fold3 | Migração de Zap

RESUMO

Edição enviada em 13 de agosto de 2021 aos assinantes da INTERFACES NEWSLETTER. Assine e receba toda sexta de manhã.

A semana dobrável chegou, e agora para valer os Galaxy Z Fold3 e Z Flip3 da Samsung. Vimos que os aparelhos evoluíram muito de uma geração para outra, e isso é ótimo – mas só saberemos os preços locais em 15 de setembro. Esta semana temos também o fim das TVs Panasonic no Brasil, coisas de cinema/streaming e um esquisito app/serviço que quer ser uma espécie de iFood das cirurgias hospitalares. Boa leitura e até semana que vem – Henrique e Samir.

PS: fizemos uma análise rápida de como o YouTuber de tecnologia brasileiro se comportou com os anúncios da Samsung – o projeto Techtubers, em parceria com a Novelo, lança o relatório referente ao 1o semestre de 2021 em breve.

Para assinar a newsletter INTERFACES clique aqui e receba o melhor da tecnologia por e-mail toda sexta-feira de manhã, com a nossa curadoria e análise.

ELETRÔNICOS DE CONSUMO

DOBROU DIREITO

Com materiais reforçados, estrutura de alumínio e proteção contra água, a Samsung apresentou os novos smartphones dobráveis Galaxy Z Fold3 (que vira tablet) e Z Flip3 (que se reduz à metade quando fechado). Nem parece aquela Samsung que lançou o Fold original quase dois anos atrás e teve que recolher o produto antes de começar a ser vendido por problemas da película na tela e da sujeira que entrava nas engrenagens.

O Fold foi refinado para ser relançado, veio o Z Fold2 ano passado e agora temos um produto para valer (apesar de ter gente pessimista sobre os dobráveis), que passa a impressão de que dá para confiar.

Henrique gosta do Z Flip3, Samir do Z Fold3 – agora com suporte a escrita na tela com caneta S Pen, já que não teremos Galaxy Note em 2021 (e talvez nunca mais). Agora esperar o lançamento local e o teto que os preços vão atingir – já que o Z Fold3 está 200 dólares mais barato que a versão anterior, mas, bem, lembrem que estamos no Brasil.

Ainda no evento de lançamento, tivemos as pazes do Google com a Samsung nos novos relógios Galaxy Watch4 e Watch4 Classic, que agora rodam Wear OS by Samsung (leia-se o antigo Tizen da Samsung com uma camada nova de apps do Google, para “salvar” o ecossistema de smartwatches). Aqui, grande destaque para o recurso de medir a bioimpedância de quem usa (níveis de gordura, água, composição óssea, entre outros), algo inédito em relógios espertos. E também para a volta (!) da assistente virtual Bixby. Ponto baixo para a gente são os fones sem fio Buds2 (mais pelo design sem inspiração), mas os reviews iniciais são positivos.

Samir, o doido da S Pen adorou o Fold, Henrique, saudoso dos designs bonitos e diferentes, o Flip (Samsung/Divulgação)

RINGTONE

“Over The Horizon” é o toque padrão da Samsung desde 2011. Agora para dar um toque de K-Pop na história da música, que ganha um novo arranjo todo ano, SUGA do BTS (se você não sabe o que é isso, seu sobrinho sabe) foi responsável pela produção da versão 2021.

Samsung: lançamentos do 2o semestre de 2021
Retrato de família Galaxy: Z Fold3, Z Flip3, Buds2 e os dois Watch4. (Henrique Martin/Interfaces)

FOI DE ZAP

A ironia do destino: a Apple é concorrente da Samsung e, nos últimos meses, odiada pelo Facebook por conta das questões de privacidade no iOS. Pode não ter a ver uma coisa com a outra, mas é curioso ver o anúncio oficial de que a migração de dados entre iOS e Android chegou primeiro nos novos Galaxy Z Fold3 e Z Flip3 (ou seja, você dono de iPhone 12 venha para o Z Flip3, que está na mesma faixa de preço de US$ 999 nos EUA). O caminho contrário – do Android para iOS – será liberado em algum momento mais tarde este ano.

FOGO AMIGO

Lembram da tentativa da Apple de colaborar com autoridades e espionar seus usuários para procurar padrões de abuso infantil em fotos nos iPhones/iCloud dos consumidores?

Nem os funcionários concordam plenamente. Essa história vai longe.

RECOMEÇO

Com três aparelhos topo de linha, a Honor anunciou a linha Magic3. É o primeiro grande anúncio da marca após ser vendida pela Huawei (e, pelo que vimos, quer ocupar o espaço da antiga dona). Agora a Honor volta a ter acesso ao mundo ocidental dos smartphones, com direito a processadores Qualcomm e Android completo com serviços do Google.

Além do “plus”: modelo topo de linha da Honor é o Magic 3 Pro+, e tem ainda o Magic 3 Pro e o Magic 3 (Honor/Divulgação)

DISTOPIA CANINA

A Xiaomi tem um cãozinho robô, o CyberDog. Lembra o cão funcional da Boston Dynamics e nada tem do velho e bom Sony Aibo. Por sinal, a Xiaomi/DL vai anunciar algo “importante” no Brasil semana que vem. Será que veremos uma fábrica local? Ou mais 359 modelos de Redmi Note?

MAIS UMA NO CHÃO

A Panasonic fechou a fábrica de TVs em Manaus, seguindo os passos da Ford, Sony e Canon. A planta segue produzindo outros eletrônicos.

A ÚLTIMA DAS OLIMPÍADAS

Um por trás das cenas de como fotógrafos profissionais editam/entregam fotos muito rápido para as agências de notícias durante as competições em Tóquio 2020.

COLORIDOS

Shock Blue, Pulse Red e Electric Volt são as novas cores de controles para o Xbox, já à venda por R$ 600.

ACHADOS AMAZON DA SEMANA

CULTURA DIGITAL

MERCEARIA

O TikTok quer capitalizar em cima do seu poder de gerar ondas no com̩rcio tradicional Рcomo o que aconteceu com a receita de massa com queijo Feta este ano.

PEW PEW PEW

O “Glock Tok”, universo de armas e munições do TikTok, é real, deprimente e bem brasileiro.

PREPARE A CARTEIRA

O pessoal do Chippu adiantou os preços do novo streaming Star+, que é a variante de conteúdo mais adulto da Disney – tem Simpsons, Walking Dead e ESPN, entre outros. Vai custar R$ 32,90 por mês e, em combo com a Disney+, R$ 45,90. Se confirmado, Star+ e Disney+ juntas custam um pouco mais que o valor de uma assinatura HD da Netflix…

SÉTIMA ARTE

Cinemas estão em extinção (pandemia, streaming, TVs incríveis em casa e tudo isso junto) – isso é fato. Mas, nos EUA, a rede de cinemas AMC negociou com a Warner para adiar por 45 dias (e manter exclusivos) os títulos antes de seguirem para a HBO Max. Tem mais a ver com tentar manter o negócio rodando que com a disputa contra o streaming.

MÍDIA FÍSICA

Cidadão Kane e Mullholland Drive são os primeiros títulos em Blu-Ray da lendária Criterion com resolução 4K. Cinéfilos irão trocar suas coleções pela maior definição de imagem?

SEM CENSURA

O pôster do novo filme de Pedro Almodóvar tinha tudo para ser censurado no Instagram, conhecido por não gostar de peitos femininos nus. Mas não será, pelo visto.

MAIS ESTRANHO QUE A FICÇÃO

Conheça Nestflix, um lugar para imaginar como seriam os filmes e séries falsos que acontecem dentro dos filmes e séries de verdade.

O Jurado Rural, série dentro de 30 Rock. Será que teve um bom final? (Nestflix/Reprodução)

EFEITO ESPECIAL

Falando em coisa fictícia, a plataforma de petróleo que aparece em Ilha de Ferro, em cartaz na TV Globo, foi toda feita em tecnologia Autodesk.

SAD AND BRAZILIAN

Ao tentar acessar o Better World Books, brasileiros são proibidos. Já que não querem vender e entregar para o país, preferem que não vejamos a loja. Nada que uma VPN não resolva, ao menos para navegar no site.

ÁRVORE (DO MAL)

O Linktree é uma ferramenta muito usada por gente no Instagram e TikTok para levar sua audiência para outros lugares – Twitter, sites pessoais, lojas e por aí vai. Mas também tem sido muito usado para espalhar desinformação e teorias antivacina, já que aceita qualquer link.

Dica: se você tem um site pessoal, mais fácil criar uma página com todos seus links do que usar um Linktree da vida.

SEM NOÇÃO DA SEMANA

Espécie de LinkedIn para a comunidade médica, o Doximity sofre do mesmo problema de todas as redes sociais: desinformação e gente anti-vacina. E olha que são médicos.

AGORA UM VERSINHO

Eu tava com meus manos
Lá na minha quebrada
Chegou o Vanderlei e veio dar idéia errada
Ele virou pra mim e fez a proposição
iFood de médico” para central de operação.

PRIORIDADES, PRIORIDADES

Expectativa: nazistas e discurso de ódio banidos do Twitter.

Realidade: novo design e fonte no Twitter.

DE QUEM O FACEBOOK APANHOU ESTA SEMANA

Da FTC americana por mentir sobre as contas suspensas dos estudiosos de desinformação (e para proteger dados da invasão ao Capitólio, pelo visto). E dos próprios estudiosos que tiveram as contas suspensas.

FAZ ARMINHA COM A MÃO

Streamers, gamers, atletas e equipes estão preocupados com a lei para criar federações de e-sports. Uma parte interessante é a preocupação com a falta de diálogo entre os deputados que estão por trás da proposta e a comunidade gamer. Retrato de como políticas públicas, principalmente de tecnologia, são sempre feitas sem participação popular. O foco todo está na montanha de dinheiro que a categoria movimenta, com a atração de patrocinadores, investidores e empresas grandes.

LEITURAS LONGAS

QUARENTÃO

O IBM PC, pedra fundamental da nossa vida tecnológica, completa quarenta anos. Michael Miller, primeiro editor-chefe da PC Magazine EUA, comenta as lições desse período.

Nota pessoal: no lançamento da segunda encarnação da PCMag Brasil, Henrique levou Miller ao Standcenter da Av. Paulista, na época paraíso do software pirata. Ele adorou e ficou doido ao ver a loja da FNAC cheia de produto original mais caro do outro lado da rua.

REAÇÕES

Paulo Barba é um dos nossos YouTubers de tecnologia favoritos e merece ser chamado de Lorde Barba depois da sua “reação” extremamente comedida e ponderada a um “especial sobre iPhone 12” produzido pelo Canaltech a toque de caixa (e com informações desencontradas entre os modelos).

O vídeo tinha tudo para ser uma agressão, um react para gerar treta, mas foi no ponto certo, extremamente educado, olhando para o conteúdo.

Lembram lá atrás quando o Magalu comprou o Canaltech e tínhamos dúvidas sobre comercial interferindo no editorial? Então… (e rumores indicam que mais blogs/sites de tech seguem negociando sua venda, mas não estamos falando do site que você imagina ser).

PROTAGONISTA

A BBC teve acesso a um tablet esquecido por mercenários na Líbia, cheio de documentos secretos.

DO OUTRO LADO DO MUNDO

Na Magnum Photos, um ensaio sobre a cultura de férias na China. Ainda estamos perplexos com algumas vestimentas (?) faciais. Já em Taiwan, a Pizza Hut usou informações de big data colhidas da internet para criar sabores extremos para suas pizzas, na Bloomberg.

DIAL-UP

Na Vice, a história dos voluntários que ajudaram a colocar o império da AOL no ar.

PRAZER

Na NYT Magazine, uma homenagem ao ato de passar fio dental.

ESPETO

A Wired louva os bichos mais fofinhos da internet além dos gatos: os porcos-espinhos (mas tem uns casos tristes por trás).

TECHBIZ


DESENVOLVENDO E APRENDENDO

Se você já tentou estudar desenvolvimento de software, esbarrou na Alura, plataforma de educação voltada para tecnologia que o Brazil Journal analisou em um ótimo perfil.

LATAM

Uma entrevista interessantíssima com Mateo Salvatto, jovem argentino que criou um app inclusivo e fala em disrupção e inovação sem soar como golpe de startupeiro ou como buzzword pra atrair anunciante perdido ou investidor.

RAIVINHA

Amamos odiar o LinkedIn, e entre falsa modéstia e aquele tom auto-congratulatório existe uma plataforma complexa (e muitas vezes deprimente).

BILL E MELINDA TIPO EXPORTAÇÃO

O CEO e sócio do Nubank, David Vélez, prometeu doar boa parte de sua fortuna ainda em vida, por meio de uma “plataforma familiar”, com sua esposa. Bonito, mas com bilionários a régua é muito alta, sempre pode ser melhor (como acabar com a fome global, mas preferir ir ao espaço por menos de 15 minutos).

Este post contém links de associados para a Amazon Brasil. 
Caso você compre algo, Interfaces pode receber uma comissão.

INTERFACES circula por e-mail toda sexta-feira de manhã. 

Para assinar, clique aqui.