Hands-on: Huawei Ascend D quad

Hands-on: Huawei Ascend D quad

RESUMO

E este é o Huawei Ascend D quad. Tela linda, nítida, aparelho bastante rápido – atualizado com vídeo.

E este é o Huawei Ascend D quad.  Post atualizado com o vídeo dele rodando Nenamark 2 a 60 quadros por segundo. Tela linda, nítida, aparelho bastante rápido nas transições. Minha dúvida é: temos apps quad-core ou é só uma mania doida de parecer mais rápido que o concorrente?


Bônus track: o tablet MediaPad novo, sem opção de hands-on:

 

Escrito por
Henrique Martin
12 comentários
  • Esse site é muito bom… Espero que a cobertura dessa feira seja espetacular, se vcs conseguirem colocar a mão no HTC one x tire muitas fotos….. Pois vai ser meu próximo celular

  • As fabricantes estão liberando tudo antes mesmo de começar o evento, então quando começar, vai ser uma muvuca porque a imprensa mesmo já vai ter visto os lançamentos, vão liberar o acesso ao grande publico sem culpa.

  • Creio eu que quads não são uma questão de necessidade, mais algo pra manter o crescimento alucinados dos SoCs em curso.
    Afinal de contas não dá pra aumentar eternamente o clock das coisas (como a Intel bem aprendeu com o netburst, especialmente sem a habilidade de fritar a pele humana).

    Eu só não entendi muito bem os botões.
    Será que integrá-los à tela como no Nexus aumentaria demais o preço mesmo em um aparelho porta-bandeira desses?

    Em todo caso é sempre interessante ver mais um SoC disputando espaço, resta ver qual é a GPU dele. (Mali400? PowerVR? outro?)

    • Botões? Simples: Bateria.

      No atual estagio do ICS, a maior parte do tempo o menu fica sempre visível, e considerando a resolução/brilho das telas atuais, isso gasta uma boa bateria para exibir algo estático. Fora que a tela tem que ser ainda mais wide que o normal.

      Em tablet faz mais sentido, mas em smarts acho melhor o botão físico mesmo.

    • Será que precisamos mais de 64kb de memória? Use a imaginação. Daqui uns dias estaremos nos perguntamos se 32 cores é um bom numero para um smart.

  • Acabei de rodar o Nenamark 2 no meu SGSII e obtive 52,5. Pelo menos em desempenho gráfico não surpreendeu, certamente a concorrência deve estar bem mais adiante, principalmente a Samsung.

    • Provavelmente rola Vsync.
      Por isso que o cenário de benchmarks em smarts ainda tá bem precário.